Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

#EsteOutroMundo

#EsteOutroMundo

Love me, love me not

Ama-me!... Não me ames. Deixa-me esquecer-te, poder passar a folha para trás... NÃO! Eu quero que sejas tu a dar cor ao meu livro, quero que faças sempre parte dele!

Deixa-te ir, deixa-me amar-te: não digas nada, fica comigo apenas, ... deseja gostar de mim, deseja ficar comigo: não queiras ir...fica aqui, comigo, agora e sempre.

Ama-me! Quero que digas que sim, que fiques comigo, que supliques para que eu também o faça. Não vás, não encerres o nosso capítulo agora... nunca o encerres!

Nunca metas um ponto final definitivo nesta folha, escreve sempre, faz com que cresça! Inventa linhas, palavras, espaço...faz com que o seu desenvolvimento seja positivo... Fica aqui, abraça-me, muda a paisagem do cenário, não precisas de introduzir falas...envolve-me apenas, sobre a areia, em direcção ao mar e ao mergulhar do sol, com a brisa a apresentar as estrelas: aperta-me, abraça-me, envolve-me...Ama-me! Pede-me que o faça... Eu quero fazê-lo!

Pede que olhe na mesma direcção que tu, que prometa um desenvolvimento feliz, sem final. Como se nunca desaparecêssemos, como se fossemos eu, tu e o cenário dessa cena pintada por mim (por ti), introduzida numa peça silenciosa onde somos acompanhados por uma sinfonia de de algo que não interessa, mas que encaixa ali perfeitamente.

Ama-me como só tu sabes, como tu sabes que eu gosto, como eu desejo que tu gostes, como eu quero que desejes, como eu fico quando queres,como eu te amo quando vais... Faz-me acreditar que és capaz, faz-me acreditar que não é só um sonho, um desejo, diz-me que ficas e que não vais mais para aprender a amar-te aqui. Que não sejam umas reticências em vão, uma pausa para respirar.

Faz do meu coração um sítio melhor...contigo. Não mudes o rumo da história, não a acabes, continua-a a meu pedido, a teu jeito, a teu desejo. Escreve-a, partilha-a, guarda-a, não pares.

Tudo o que disse, tudo o que disseste... todas as palavras fazem dela a história que é, não a vamos mudar, não a vamos acabar aqui... Escreve «amo-te» e fá-lo... Fica comigo.

 

Devo-me estar a tornar repetitiva, mas quando pego num papel, é apenas isto que me sai. Ama-me, esclarece-me.

Someone would do it all over again

 

Diz-me que me amas como já o fizeste, toma a minha mão e leva-me para qualquer sítio que vás, leva-me contigo! Não me deixes sozinha, porque eu preciso de ti, eu quero-te aqui, como um dia te tive.

Desde que te vi, te sorri, te toquei que o mundo gira no sentido inverso. O inverno é mais frio quando não estás e parece verão quando me abraças... Quando me abraçavas.

Queria que o tempo voltasse atrás para que pudesses mudar as coisas, pintá-las de forma diferente. Queria que mudasse o que realmente não deveria ter acontecido na nossa história, que sinceramente já não sei... ainda não sei o que foi. Mudou tanta coisa! O sol brilhava mais contigo, agora não tem grande brilho. A chuva parecia de estrelas quando estavas, agora parece gelo que corta. O vento soprava empurrando-me para ti, agora afasta-nos, soprando-te a ti para um lado e a mim para o outro, as estrelas estão para longe, a lua esconde-se por trás de nuvens, as estrelas já não escvrevem o teu nome nos meus sonhos, os pirilampos perderam a luz, o mar envolve a areia como se fossem pedras a bater num livro, e mil grãos são-me atirados à cara! Odeio o presente tanto como te amei no passado! A natureza, outrora sincronizada comigo está agora contra mim, atirando-me à cara biliões de vezes que já não te tenho comigo. Desejo abraçar-te. Desejo-te esquecer quanto tedesejo recuperar.

Quero deixar de pensar que vai dar e que não vai dar, quero respostas, quero ter-te como certo ou esquecer tudo o que tivermos para que passe apenas para boa recordação! Quero certezas, quero que me abraces e me contes tudo o qeu pensas, o que sentes, decidido. Quero que sejamos o que nunca fomos, quero fazer o que nunca fizemos, quero ser o que nunca consegui.

Diz que me amas como já o fizeste. Explica-me porque é que as tuas boas notícias me deixam corada, nervosa, ansiosa, aos pulos de felicidade se continuas longe de mim, se continuas sem estar comigo. Conta-me o que ainda não sei sobre ti,mostra-me o que nunca vi em ti, ouve o que nunca ouviste de mim, enche o meu futuro como me encheste o passado , faz do presente um pesadelo contado a seis pessoas. Vem ter comigo, realizar o meu sonho, ficar junto a mim, com um só destino, como uma só alma, com um passo em simultâneo em direcção ao nosso mar, que um dia partilhá-mos solitaria, egoista e secretamente e agora rezo desalmadamente para que o partilhemos juntos.

Diz que me amas, mostra que me amas...como já  fizeste.

 

 

Este texto foi escrito antes e depois de receber uma excelente notícia da pessoa em questão porque esperava desde 24 de Janeiro de 2010.

XXO~~T.I.W.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

  • Confesso.

    18 Setembro, 2023

    Deixaste-me ir. Talvez achasses que eu ficava e que esperava. Talvez achasses que sempre (...)

  • O dia depois de amanhã.

    14 Maio, 2019

    Eles acham que sabem. Eles devem pensar que basta olhar para saber. Mas eles não sabem: não (...)

  • Sem querer, querendo.

    20 Fevereiro, 2019

    Um dia descobri-te.   Não sei se sempre tinhas estado por ali e eu andava cega ou se naquele (...)

  • Gostar de ti

    15 Janeiro, 2019

    É fácil gostar de ti.  É fácil gostar do brilho que me trazes, da energia que me dás, (...)

  • E então fui...

    02 Junho, 2015

    Eu queria que o mundo parasse. Queria que o mundo te guardasse, ficasse em pausa no momento em (...)

Partilha[-me]

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D